Pular para o conteúdo
Voltar

Solicitações de férias devem ser feitas por meio do Portal do Servidor

Todas as solicitações de férias requisitadas a partir de fevereiro de 2020 via COPLAN, assim como as novas requisições, devem ser refeitas pelo Portal do Servidor
Alexandre Guimarães | Assessoria de Imprensa/DPMT

A partir de agora, os servidores da Defensoria devem efetuar a solicitação de férias via Portal do Servidor. - Foto por: Divulgação
A partir de agora, os servidores da Defensoria devem efetuar a solicitação de férias via Portal do Servidor.
A | A

O setor de Gestão Funcional da Defensoria Pública de Mato Grosso informou que, a partir de agora, todas as solicitações de férias dos servidores deverão ser requisitadas por meio do Portal do Servidor.

A contar de fevereiro de 2020, todos os pedidos de férias já agendados via COPLAN serão cancelados e terão que ser refeitos utilizando o Portal do Servidor.

“É importante destacar que a opção de solicitação de férias só vai aparecer dois meses antes do período aquisitivo. O limite para a solicitação é até o dia 10 do mês anterior ao início do gozo das férias”, explicou a servidora Karise Crivelli, coordenadora da Gestão de Pessoas.

Somente será possível a acumulação de dois períodos de férias mediante comprovada necessidade de serviço. Os servidores poderão parcelar suas férias em até três períodos, com no mínimo 10 dias cada.

Karise também ressaltou que o agendamento das férias via Portal do Servidor já foi testado e está funcionando normalmente. “Todas as solicitações que antes eram feitas por e-mail ou via COPLAN serão feitas a partir de agora pelo Portal do Servidor. Os servidores precisam se acostumar com essa novidade. Vai ser muito mais fácil acompanhar tudo pelo Portal”, afirmou.

 

            Clique aqui para acessar o Tutorial de acesso ao Portal do Servidor.

           

            Clique aqui para acessar o Portal do Servidor no site da Defensoria.

           

            Boletim - Segue abaixo o boletim informativo enviado pela Gestão de Pessoas.

 

·         Não será realizada escala de férias coletiva dos servidores;

·         Todos os períodos de férias agendados para fevereiro de 2020 em diante serão desmarcados, cabendo ao servidor fazer novo agendamento pelo portal do servidor;

·         O agendamento das férias deverá, exclusivamente, ser realizado pelo portal do servidor, desta maneira não será aceito procedimentos protocolados pela COPLAN;

·         O agendamento deverá ser realizado antes da data marcada para o usufruto;

·         O agendamento será liberado no Portal do Servidor até 02 (meses) antes do servidor completar o período aquisitivo de férias;

·         Somente será possível a acumulação de 02 (dois) períodos de férias mediante comprovada necessidade de serviço;

·         Será permitido aos servidores parcelarem suas férias em até 03 (três) períodos, com o mínimo de 10 (dez) dias cada;

·         O terço constitucional de férias será vinculado ao gozo de férias e será pago proporcionalmente ao período usufruído;

·         Em caso de não usufruto e recebimento indevido do terço de férias este deverá ser restituído e atualizado de acordo com o IPCA-E e juros moratório relativo à caderneta de poupança.

 

Sem mais para o momento, nos colocamos a inteiro dispor para quaisquer esclarecimentos.