Pular para o conteúdo
Voltar

Ouvidoria lança pesquisa de satisfação para avaliar atendimento remoto da Defensoria Pública durante pandemia

Cidadão poderá avaliar atendimento remoto da Defensoria Pública, por telefone, e-mail, WhatsApp e atendimento online, em vigor desde o dia 17 de março, quando foi suspenso o atendimento presencial por conta da pandemia
Alexandre Guimarães | Assessoria de Imprensa/DPMT

- Foto por: Arte: Ouvidoria-Geral/DPMT
A | A

Nesta quarta-feira (2), a Ouvidoria-Geral lançou uma pesquisa de satisfação para que o cidadão possa avaliar o atendimento remoto realizado pela Defensoria Pública de Mato Grosso, em vigor desde o dia 17 de março, quando foi suspenso o atendimento presencial por conta da pandemia do novo coronavírus.

“O objetivo da pesquisa é identificar, conhecer, aprimorar, avaliar a satisfação do usuário durante a pandemia. Como o atendimento presencial está suspenso, foi criado um novo acesso através do sistema online e via WhatsApp pelos Núcleos. Com as medidas de prevenção impostas pela Covid-19, é importante disponibilizar um meio de avaliação do atendimento remoto pelos usuários para que possamos identificar eventuais dificuldades de acesso e, progressivamente, aprimorar o novo fluxo implantado”, afirmou Cristiano Preza, ouvidor-geral da DPMT.

Com a suspensão do atendimento presencial, em consonância com as diretrizes do Ministério da Saúde (MS) e da Organização Mundial da Saúde (OMS), já que os Núcleos da Instituição são locais de aglomeração de pessoas, o atendimento ao público continuou a ser realizado de forma remota – por telefone, e-mail, WhatsApp e pelo atendimento online.

“Uma das perguntas da pesquisa é a avaliação do atendimento remoto pelo sistema online e via WhatsApp, se o assistido aprova marca sim, se não aprova marca não. O objetivo também é saber qual é o tipo de atendimento que o usuário prefere, via chat, WhatsApp, atendimentos que geram economia ao cidadão, ou o atendimento presencial”, explicou o ouvidor.

No dia 24 de agosto, a Defensoria Pública ampliou o atendimento virtual para as 48 comarcas onde o órgão está instalado no estado. Desde sua implantação, já foram prestados 7.099 atendimentos online. Considerando todos os canais de atendimento, já foram realizados 192.084 procedimentos da segunda quinzena de março até o fim de julho.

“A pesquisa só foi implementada agora porque estávamos aguardando a ampliação do atendimento online para todos os Núcleos onde a Defensoria está presente. Com o resultado da pesquisa, informaremos a Administração Superior para construirmos a melhoria do atendimento da Defensoria”, destacou Preza.

Segundo o ouvidor, a pesquisa será feita mensalmente até a retomada do atendimento presencial, ainda sem data definida.

Clique aqui para acessar o formulário online (Google Forms) da pesquisa de satisfação elaborada pela Ouvidoria.