Pular para o conteúdo
Voltar

Núcleo de Cláudia da Defensoria Pública abre vaga para assessor jurídico

Inscrições já estão abertas e seguem até o dia 24 de fevereiro. Podem concorrer à vaga profissionais formados em Direito. A remuneração líquida é de R$ 4,8 mil mais auxílio-alimentação, com início em março
Alexandre Guimarães | Assessoria de Imprensa/DPMT

- Foto por: Arte: Bruno Cidade/DPMT
A | A

O Núcleo de Cláudia da Defensoria Pública abriu uma vaga para assistente jurídico para bacharel em Direito. A seleção será feita por meio de videoconferência, na qual serão avaliados o perfil profissional e o conhecimento jurídico do candidato, além da análise curricular.

As inscrições já estão abertas e vão até o dia 24 de fevereiro. Os candidatos devem enviar o currículo por e-mail para: laysapereira@dp.mt.gov.br

O salário líquido para o cargo de assessor jurídico é de R$ 4.811,84 mais R$ 662,25 de auxílio-alimentação. A carga horária é de 6 horas diárias – de segunda a sexta-feira, das 12h às 18h – e, excepcionalmente, plantões nos fins de semana.

Segundo a defensora pública Laysa Bitencourt Pereira, que conduzirá o processo seletivo, o Núcleo de Cláudia (566 km de Cuiabá) procura profissionais formados em Direito comprometidos com o atendimento às pessoas em situação de vulnerabilidade social, além de disposição para atuar em diversas áreas, como cível, criminal, entre outras.

“O cargo tem atribuição de assessoria da Defensoria Pública com atendimento aos assistidos e auxílio na elaboração de peças processuais”, explicou Laysa.

A previsão é de que o profissional selecionado comece a trabalhar no Núcleo de Cláudia no dia 1º de março.