Pular para o conteúdo
Voltar

Defensoria Pública participa de lançamento da campanha Agosto Lilás em Várzea Grande

As defensoras públicas Cleide Nascimento e Tânia Matos representaram a Defensoria Pública no evento, dia 13 de agosto, no bairro Jardim Marajoara 1, com a participação do prefeito Kalil Baracat (MDB) e representantes do Poder Judiciário
Alexandre Guimarães | Assessoria de Imprensa/DPMT

- Foto por: Secom/VG
A | A

A Defensoria Pública de Mato Grosso, representada pelas defensoras públicas Cleide Nascimento e Tânia Matos, participou do evento de lançamento da campanha Agosto Lilás, promovido pela Prefeitura de Várzea Grande, no dia 13 de agosto, às 8h, no bairro Jardim Marajoara 1, com a participação do prefeito Kalil Baracat (MDB) e da primeira-dama, a promotora Kika Dorilêo Baracat.

“O evento foi organizado pela Secretaria de Assistência Social do município com o intuito de refletir sobre os 15 anos da lei Maria da Penha e nós da Defensoria Pública não poderíamos deixar de participar, pois fazemos parte da Rede de Enfrentamento à Violência Doméstica e Familiar de Várzea Grande e Livramento desde seu nascedouro. O trabalho intersetorial é de fundamental importância para vencer esse fenômeno complexo que é a violência”, destacou Tânia.

Uma em quatro mulheres brasileiras, acima de 16 anos, afirma ter sofrido violência ou agressões nos últimos 12 meses. Os dados levantados pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública apontam também que, desde meados de março de 2020, cerca de 17 milhões de mulheres sofreram algum tipo de violência seja moral, sexual, verbal, patrimonial ou física.

Segundo a Administração Municipal, o objetivo da campanha “Agosto Lilás: Várzea Grande por todas, Diga Não à Violência contra a Mulher” é chamar a atenção de toda a população, especialmente as mulheres, para que não se calem e denunciem todo e qualquer tipo de violência.

“É inconcebível que ainda temos que ver esse tipo de notícia que causa dor e sofrimento a toda a família. A violência infelizmente acontece, e muitas vezes dentro de casa. Não podemos aceitar que tais fatos aconteçam e em Várzea Grande temos uma Rede de Proteção a Mulher envolvida em prestar atendimento às mulheres que sofrem esses crimes. A Patrulha Maria da Penha, e as redes de assistência do Centro de Referência e Assistência Social também fazem esse acolhimento dando a vítimas de agressões mais segurança e auxílio”, afirmou o prefeito no evento.

A desembargadora do Tribunal de Justiça, Maria Erotides Kneip, elogiou a condução da primeira-dama, Kika Dorilêo Baracat, no trabalho de apoio à Secretaria de Assistência Social, e elogiou a sua condução na Promotoria. “Me sinto extremamente feliz e sei que é uma providência de Deus trazer a vossa excelência para administração da assistência social deste município, e a senhora já está dando prova disso na condução desta bela campanha”. 

Além da Defensoria Pública, o evento contou com a presença de várias autoridades do Poder Judiciário, Legislativo e Executivo, além da participação de servidores da Prefeitura de Várzea Grande.