Pular para o conteúdo
Voltar

Defensoria Pública volta a atender famílias, em mutirão, na ação social VG mais Ação

Evento é viabilizado por voluntários que, desde 2017, organizam órgãos públicos e privados interessados em ofertar serviços, gratuitos para o cidadão carente, uma vez por mês, nos sábados
Marcia Oliveira | Assessoria de Imprensa da DPMT

Atendimento será das 8h às 12h, na escola municipal Joaquim da Cruz Coelho - Foto por: Divulgação
Atendimento será das 8h às 12h, na escola municipal Joaquim da Cruz Coelho
A | A

A Defensoria Pública de Mato Grosso disponibilizará uma equipe para atender a população carente do bairro Serra Dourada, das 8h às 12h, na escola municipal Joaquim da Cruz Coelho, no sábado (16/10), com orientação jurídica, administrativa e entrega de declaração de hipossuficiência para gratuidade de segunda via de documentos. O atendimento será feito no mutirão VG + Ação, que ofertará outros 47 serviços para os moradores da região.

O defensor público Marcelo Leirião e as assessoras jurídicas Fabiana Pires e Pâmella Coneza estarão no local para prestar esclarecimentos sobre quais serviços as população pode acessar no órgão, nas áreas cível e criminal, quais documentos são essenciais para a abertura e andamento dos processos e pedidos. 

Em atendimentos ao público em mutirões as maiores dúvidas giram em torno de abertura de processos de separação, como solicitar pedido de união estável, de guarda de filhos, solicitação de pensão alimentícia e mesmo casos relacionados a resgate de valores em contas do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), em casos de falecimento do beneficiário.

Uma das organizadoras do mutirão, Marciany Bustamante, explica que a ação acontece desde 2017, com apoio de parceiros, entre eles órgãos públicos e iniciativa privada, para oferecer serviços como atendimento médico de especialistas como clínico geral, ginecologista e pediatra; atendimento com psicólogos, além de corte de cabelo, massagem, entre outros.

“Desde a primeira ação que fizemos a Defensoria Pública participa e é uma parceria muito aguardada pela comunidade, principalmente pelos mais carentes que precisam fazer a segunda via de documentos de forma gratuita e para isso, contam com a emissão da declaração de hipossuficiência”, afirma Marciany.

Os organizadores do evento estimam que cerca de 600 pessoas devem passar pelo local, no período da manhã, no sábado. Pois o evento é o primeiro, desde a suspensão de mutirões determinada em março do ano passado, em decorrência da pandemia da Covid-19. “Só do público da escola, considerando alunos e pais de alunos, temos 200 pessoas, mas como o convite foi aberto para a comunidade, acreditamos que podemos atingir até 600 pessoas”, avalia Marciany.

Os organizadores, voluntários que se uniram para prestar serviços sociais, informam que de 2017 até março de 2020, 22,5 mil pessoas foram atendidas nos mutirões do VG + Ação, evento feito em parceria com a Rádio Estação VG FM 105,9. Nesta edição a ação social será na escola, no endereço: avenida Principal, sem número, bairro Serra Dourada.