Pular para o conteúdo
Voltar

Defensora pública ministra palestra sobre rede de territórios educativos no IV Seminário de Diversidade e Relações Étnico-Raciais

A defensora pública Tânia Regina de Matos ministrou uma palestra, na sexta-feira passada (dia 5), sobre A Rede de Territórios Educativos de Várzea Grande e as relações étnico-raciais, durante o IV Seminário de Diversidade e Relações Étnico-Raciais, que ocorreu nos dias 4 e 5 de novembro, no Jardim Marajoara, em Várzea Grande
Alexandre Guimarães | Assessoria de Imprensa/DPMT

- Foto por: Edição: Gustavo Carmo/DPMT
A | A

Na última sexta-feira (5), a defensora pública Tânia Regina de Matos proferiu uma palestra no IV Seminário de Diversidade e Relações Étnico-Raciais, que ocorreu nos dias 4 e 5 de novembro, no Jardim Marajoara, em Várzea Grande.

“Tive a oportunidade de falar sobre as ações que as organizações da sociedade civil estão desenvolvendo em parceria com as secretarias municipais: assistência social, defesa, saúde e educação”, destacou Tânia.

O evento, promovido pelo Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial – CMPIR/VG, com o apoio da Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer (SMECEL) e Prefeitura Municipal, marcou os dez anos da criação do Conselho, instituído através da Lei Municipal n.º 3.694, de 29 de novembro de 2011.

A defensora ministrou uma palestra presencialmente sobre o tema: A Rede de Territórios Educativos de Várzea Grande e as relações étnico-raciais. “Dentre as ações da Rede, está o projeto AdoleSer, fruto de um plano de ação coletivo integrado que foi executado pelo Caps, Guarda Municipal, Pastoral da Mulher Marginalizada e a LÍRIOS. O objetivo foi prevenir a gravidez na adolescência e evitar a evasão escolar. A Defensoria Pública também participou deste projeto ministrando palestras sobre o sistema de garantia de direitos de crianças e adolescentes”, afirmou.

Profissionais e gestores da educação, dirigentes de Conselhos de Direitos, assessores estaduais e autoridades de diversas áreas debateram de forma presencial, no anexo II da Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Esportes e Lazer, e online, por meio do YouTube.

No caso do seminário presencial, os participantes seguiram todos os protocolos de biossegurança, como o uso da máscara, álcool em gel e o distanciamento social para garantir a segurança e a saúde de todos.