Defesensoria Pública do Estado de Mato Grosso

Notícias

Sexta, 07 Julho 2017 17:13 Última modificação em Segunda, 10 Julho 2017 13:26

Defensoria Pública em Juara realiza parceria com madeireira para trabalho interno de reeducandos

Escrito por 
Defensor Público Paulo Isidoro, que atua na comarca de Juara. Defensor Público Paulo Isidoro, que atua na comarca de Juara.

Os Defensores Públicos Paulo Isidóro Gonçalves e Laerte Jaciel Scalco Acendino, que atuam na comarca de Juara, celebraram uma parceria com a Madeireira Nossa Senhora Aparecida para possibilitar aos reeducandos da cadeia pública da cidade vagas de trabalho interno para remirem sua pena.

A parceria aconteceu após uma reunião dos Defensores com o Diretor do presídio, Flávio José da Silva Pompeu, e o gerente geral da madeireira, Gedean Gomes Bento, com o reeducando Silvano Rodrigues, quando discutiram as formas que o trabalho ofertado poderiam ser realizadas.

Atualmente, a cadeia pública possui em seu interior uma marcenaria voltada exclusivamente ao trabalho ressocializador por meio da produção de móveis, possibilitando qualificação profissional especializada daqueles que prestam serviço interno.

Ocorre que antes do acordo, era frequente a escassez de madeira para produção dos móveis, o que impedia o trabalho interno. No entanto, com a parceria celebrada pelo Núcleo da Defensoria Pública de Juara, a Madeireira e a Direção da Cadeia Pública, os riscos da falta de matéria prima foram minimizados.

De início a madeireira entregou uma doação dois caminhões de madeira cortada em tábuas para que os reeducandos possam produzir e comercializar os móveis. Os valores arrecadados serão destinados a um fundo específico.

O Núcleo da Defensoria Pública de Juara já recebeu vários móveis novos produzidos na marcenaria da Cadeia Pública, tendo sido integrado a seu patrimônio, sendo: duas estantes, um armário e outras duas mesas.

“A parceria firmada com a madeireira vai além do trabalho em rede que é feito com os Órgãos Estaduais e Municipais na região. Trazer a iniciativa privada para auxiliar no trabalho ressocializador do reeducando é garantir, não somente trabalho, mas também a certeza de progressão de regime mais rápida através da remição e uma profissão àquele que deixa o estabelecimento penal em Juara”, avaliou o Defensor Público Paulo Isidóro Gonçalves.

Paulo Radamés
Assessoria de Imprensa

Defensoria Pública do Estado de Mato Grosso
Desenvolvido por:tiagodonatti.com